Por que devo parar de beber?

Parar de beber. A bebida alcoólica sempre está presente em comemorações, mas o “beber socialmente” vira uma preocupação quando a busca pelo álcool se torna exagerada e sem limites.

De fato, beber moderadamente no final de semana ou em algum encontro social não gera nenhum sério problema na sua vida, mas é preciso estar ciente de quando parar de beber. Quando seu consumo passar a ser exagerado e ultrapassar seus limites, é uma boa hora para refletir. O alcoólatra nunca assumirá que precisa de ajuda, pois acha que pode parar de beber quando quiser, mas na prática não é bem assim que funciona.

É uma doença depressora capaz de alterar negativamente a capacidade do cérebro, do raciocínio e do organismo. Quando o álcool entra em contato com a corrente sanguínea pode prejudicar diversas áreas do corpo como a coordenação motora, equilíbrio, capacidade de fala e alterações em diversas outras funções essenciais, que acaba gerando um grande risco para a saúde do individuo, pois pode causar danos irreversíveis como a debilitação do esôfago, intestino, fígado, coração e estômago.

Estudos sobre parar de beber

Por fim, um estudo feito pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2016, aponta que mais de 3 milhões de pessoas morreram por conta do alcoolismo, sendo primordialmente pelo sexo masculino. Representando uma em cada vinte mortes por variadas situações, estimam que o uso excessivo do álcool gere mais de 5% do nível de doenças globais. Ademais, das mortes relacionadas ao alcoolismo, 28% são conseqüência de lesões como acidentes ou atos de violência, 21% por transtorno digestivo e 19% por enfermidades cardiovasculares, o restante representa outras circunstâncias de saúde como o câncer.

Como dito anteriormente apenas o retardo do álcool não é válido, a campanha anual na Inglaterra denominada “Dry January” que consiste em não consumir bebidas alcoólicas durante os 31 dias do mês de janeiro acaba não influenciando em nenhum beneficio para a saúde, pois após esse período a pessoa volta a beber normalmente ou até mais do que bebia antes, mas é uma opção para quem se determina a não voltar a ingerir bebidas alcoólicas, após essa fase foram apresentados números significativos de pessoas que conseguiram se livrar do alcoolismo depois desse período.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *