É possível parar de fumar sem sofrer?

Parar de fumar – O cigarro é uma droga legalizada, portanto é fácil encontrá-lo em diversos estabelecimentos. Como é possível conseguir fumar sem maiores dificuldades é fácil se tornar um dependente.

De acordo com a OMS uma a cada cinco pessoas no Brasil fumam, colocando o país em oitavo lugar no ranking de fumantes absolutos. Ainda de acordo com estudos realizados pela Organização Mundial de Saúde o cigarro é o principal agente responsável por mortes que poderiam ser facilmente evitadas. Ao todo 428 pessoas morrem todos os dias por doenças relacionadas ao hábito de fumar.  

Os números são preocupantes e os mesmos estudos realizados pela OMS indicam que em apenas 20 anos irá dobrar o número de morte. Só no Brasil, 200 mil mortes por ano são por doenças causadas pelo cigarro.

Malefício do cigarro

Fumar não só é capaz de fazer o organismo desenvolver diversos tipos de cânceres e doenças respiratórias e cardíacas. O hábito de fumar pode diminuir a fertilidade da mulher e do homem.  Além disso, é capaz de causar doenças neurológicas, problemas de visão como degeneração macular relacionada à idade (DMRI) e cataratas, entre outros problemas.

O cigarro contém quase cinco mil substâncias tóxicas, sendo pelo menos 70 delas cancerígenas. Não é recente a busca por tratamentos para quem pretende parar de fumar, apenas 30% dos fumantes de hoje dizem não desejar largar. Mas porque é tão difícil parar de fumar? A explicação é simples: a nicotina.

A nicotina

A nicotina é uma droga psicoativa de efeito rápido. É o composto ativo do tabaco, da mesma família das substâncias codeína e tebaína, a nicotina é uma substância encontrada em plantas e preocupa a comunidade por dois motivos: por ser de fácil acesso e também pelo seu poder viciante. Em estudos recentes, essa droga foi administrada de forma intravenosa e ela mostrou efeitos similares à heroína, uma das drogas mais perigosa que temos conhecimento hoje.

Ela age de forma rápida no organismo, assim que é inalada viaja pela corrente sanguínea atingindo o cérebro em apenas 10 segundos. Assim que essa substância entra em contato com o cérebro, esse órgão é estimulado a produzir dois neurotransmissores: a serotonina e dopamina. 

Serotonina e dopamina

A serotonina é um neurotransmissor que desempenha um papel muito importante em nosso organismo, trabalhando na inibição da agressividade, sono, vômitos, apetite e controle de humor. Já a dopamina é um neurotransmissor vital para o funcionamento do cérebro. Quando esses neurotransmissores são produzidos liberam no corpo a sensação de bem estar, tranquilidade e prazer. 

Apesar de ser uma droga de efeito rápido ela deixa o organismo em apenas duas horas, ou seja, 120 minutos após fumar ela já não irá ser encontrada no organismo. 

O problema passa a existir quando o organismo se acostuma com a nicotina e para sentir os mesmos efeitos de antes é necessário aumentar sua dose, ou seja, é preciso fumar cada vez mais. O corpo do fumante se acostuma com a nicotina no organismo de tal forma que não tê-la causa diversos desconfortos como dor de cabeça intensa, ansiedade, vômito, tonturas, agressividade, alterações de humor, taquicardia, tremores e muitos outros.  

Esses são alguns dos sintomas claros da abstinência da nicotina, mas o grau de dependência e os sintomas da abstinência variam de pessoa para pessoa.

Existe também outro tipo de dependência, sendo esta menos comum: a dependência psicológica. A dependência psicológica se dá quando o indivíduo associa o hábito de fumar a atos cotidianos como beber café, consumir bebidas alcoólicas, situações estressantes na vida pessoal e na vida profissional e até mesmo o ato sexual.

Tabagismo nas mulheres

Nas mulheres o vício tende a ser mais intenso uma vez que o organismo feminino metaboliza a nicotina mais rapidamente que o organismo do homem, outro importante fator é que várias mulheres tem medo de ganhar peso, um sintoma normalmente encontrado naqueles que tentam parar de fumar uma vez que comer alimentos com um grande número de calorias é um dos mecanismos encontrados para saciar o sentimento de ansiedade. Assim parar de fumar é mais difícil para elas.

Tabagismo entre os jovens

Apesar de existir desde 2000 uma lei que proíbe a propaganda do cigarro em revistas, jornais, outdoors, televisão e rádios, as indústrias do cigarro sabem que, quanto mais cedo a pessoa começa a fumar, mais difícil é largar este vício de uma vez por todas. Por esse motivo essas empresas gastam quantidades imensas de dinheiro para colocar seus produtos a venda em locais de fácil acesso por crianças e adolescentes, como padarias, lanchonetes e bancas de jornal. 

Além do fácil acesso por crianças e adolescentes existe a influência de colegas já que muitos jovens podem ser facilmente influenciados a fumar a fim de serem aceitos socialmente por um determinado grupo.

Algumas alterações na composição do cigarro também foram realizadas a fim de atrair a curiosidade do público mais jovem. A adição de açúcares e sabores como chocolate e menta mascaram o gosto do cigarro, facilitando sua inalação, assim adolescentes se tornam mais atraídos ao ato de fumar. 

 Qual o melhor tratamento para parar de fumar?

Existem diversos tratamentos para parar de fumar no mercado atual, mas, sem dúvidas, o mais eficaz deles é na verdade um conjunto entre três: o tratamento em spray, cápsulas e acompanhamento psicológico. 

O spray ganhou grande popularidade por ser de fácil aplicação: basta espirrar um pouco do produto na língua e bochechas. Sprays que tem como objetivo auxiliar a pessoa a parar de fumar consistem em destacar o sabor real de todos os componentes do cigarro, fazendo com que o cérebro do fumante perceba que aquele produto não traz mais a sensação de prazer, bem estar e tranquilidade. Entre os sprays mais eficientes estão aqueles que contêm óleo de melaleuca em sua composição.

O método com cápsulas é essencial também, já que não atua como o spray, pois o realçar de sabores das substâncias tóxicas do cigarro não é a sua finalidade, o intuito das cápsulas é reduzir os sinais da abstinência. Um dos melhores ingredientes encontrados na fórmula é o magnésio. O magnésio é um mineral vital para o funcionamento do corpo humano, eliminando as toxinas do cigarro de seu organismo e auxiliando no controle da ansiedade, o principal sintoma da abstinência.

Outro tratamento essencial para parar de fumar são as sessões psicoterapêuticas. Essas sessões podem ser tanto em grupo como individual, e é onde o fumante irá aprender a controlar seus impulsos e desejos de acender o cigarro, sabendo como lidar com situações gatilho da melhor forma possível, a fim de evitar possíveis deslizes e recaídas.

Além do apoio de um psicólogo, a paciente precisa também receber o apoio de amigos próximos e familiares uma vez que é de extrema importância que existam pessoas aptas para conversar, distrair e tirar dúvidas que vão surgir durante o processo.

O que irá acontecer em seu organismo quando parar de fumar?

  • Em poucos minutos alterações já ocorrem no organismo do fumante. 
  • Aos vinte minutos a pressão sanguínea e os batimentos cardíacos voltam ao normal;
  • Duas horas a nicotina deixa seu organismo;
  • oito horas o nível de oxigenação do sangue volta ao normal;
  • Em vinte e quatro horas os pulmões funcionam melhor;
  • Com dois dias já é possível notar diferenças no olfato e no paladar, sentindo cheiros e sabores de forma mais intensa;
  •  Um mês o fluxo sanguíneo melhora e a respiração se torna mais leve e fácil;
  • Em um ano a probabilidade de sofrer um infarto cai em 50%;
  • Em cinco anos a possibilidade de ter diversos cânceres ocasionados pelo cigarro diminui pela metade;
  • E dez anos as chances de desenvolver câncer de pulmão caíram pela metade e as de ter infartos são similares àqueles que nunca foram fumantes. 

One thought on “É possível parar de fumar sem sofrer?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *